Caminhada aventura de Talim a Lisboa!

Les Landes

Na nossa última semana em França, atravessámos dois départements: Les Landes com suas extensas florestas de coníferas, que abriam para o Atlântico, onde passámos algumas noites em vilas de praia, e a parte basca de Pyrénées-Atlantiques, onde já tivemos um gostinho de Euskadi (País Basco em basco). Quando chegámos a Ciboure, apenas uma curta caminhada e uma travessia de barco separava-nos de Espanha!

No dia 338, fizemos uma caminhada fácil através da floresta até a vila de Parentis-en-Born, onde ficámos na casa de um simpático casal jovem, que alugava um quarto por AirBnB. Descobrimos que eles trabalhavam naquela base aérea pela qual passámos no dia anterior. À tarde, fomos ao centro da vila para fazer compras e apreciar um bom jantar num pequeno restaurante. Quando retornámos à casa, os nossos anfitriões ainda estavam acordados e convidaram-nos para tomar um copo de vinho com eles e conversar um pouco. Satisfeitos com o dia agradável, fomos dormir.

O próximo dia foi um dia de despedida – pela primeira e única vez na nossa viagem, um de nós caminharia sozinho por alguns dias. A Moiken viajou para a sua cidade natal, Berlim, para participar do funeral do seu padrasto, enquanto o José continuava na nossa rota rumo a Espanha. Ainda caminhámos juntos na parte da manhã, almoçámos em St. Paul e depois, cada um foi para um lado. A Moiken apanhou um táxi para o aeroporto de Bordeaux, e o José caminhou até Mimizan, uma cidade de praia muito animada.

Do dia 340 ao dia 342, José caminhou de Mimizan a Lit-et-Mixte e continuou até Moliets-et-Maa. No caminho, ele passou por um marco importante: Uma escultura a indicar que estávamos a uma distância de 1000 km de Santiago de Compostela! Através de florestas, ao longo de lagos e em pistas de bicicleta vazias, ele teve muito tempo para apreciar o silêncio. Ao chegar na cidade de praia, ele tirou um dia de descanso para esperar a chegada da Moiken. Quando os dois caminhantes foram reunidos novamente, passámos a tarde na praia para ter forças para o último trecho em França.

Avançámos bem nos próximos dois dias. A nossa condição física já permitia caminhar por volta de 30 km por dia, assim conseguimos fazer 58 km, a caminhar na praia, em caminhos florestais, a passar vários lagos e finalmente a seguir o rio Adour, até chegar em Bayonne. No caminho, deparámo-nos com uma vista inesperada: depois de passar várias horas no meio da natureza, ficámos surpresos ao ver um enorme estacionamento de carros a serem transportados para os seus novos donos. Bayonne é uma cidade movimentada, que oferece apoio fantástico para peregrinos. Na catedral, recebemos uma lista muito útil de alojamentos e descrições das etapas até Santiago.

O dia 345 começou com um pouco de chuva, mas ainda assim pudemos apreciar a vista de Bayonne, quando iniciámos o caminho. Durante a caminhada, fomos lembrados que já estávamos no país basco, pela arquitetura, língua e paisagem. Ao chegar em Ciboure, deixámos as nossas coisas num alojamento para peregrinos e explorámos a culinária francesa pela última vez, depois 69 dias no país.

a carregar o mapa - aguarde por favor...

Post_20160410_LesLandes: 43.918867, -1.356812

2 Responses to Les Landes

  1. thanks a lot for sharing this again, I can’t beleive it’s 5 years already, time flies my God.
    and yes, in this strange times we need some travelling .
    take care and be safe
    much love

Leave a reply

Estatisticas

km

12 países atravessados
319 dias de caminhada
89 dias de descanso

Actualizado em 11/06/2016 – CHEGAMOS A LISBOA!